marketing de conteúdo

Passo a passo para criar seu cronograma anual de conteúdo

Temos uma quantidade absurda de conteúdos sendo produzidos e consumidos diariamente, isso é um desafio para as empresas que querem se destacar, afinal, como competir com tanto conteúdo?

Ter um bom conteúdo é fundamental, mas antes dele, existe uma etapa essencial, que muitas empresas e departamentos de marketing não dão devida atenção e valor: o planejamento de conteúdo.

Isso mesmo!  Pensar no que será produzido durante o ano é importante para antecipar tendências, produzir conteúdos de qualidade e chegar à frente no mercado.

A minha sugestão é montar um cronograma de conteúdo. E, esse é o momento ideal, afinal, o planejamento para o próximo ano já precisa estar em, pelo menos, produção.

 

Como criar um cronograma anual de conteúdo?

Para funcionar bem, seu cronograma precisa ter mais do que datas e temas a serem abordados. Comece organizando as ações para evitar incluir peças que não façam sentido para os objetivos estratégicos da comunicação.

Bom, com o seu plano de ações em mãos, vamos começar:

Estabeleça um calendário – Você pode fazer isso em uma planilha, levante todas as datas importantes e ações da empresa e inclua em um calendário. Para segmentos com períodos sazonais, isto deve ser considerado, assim como as campanhas a serem desempenhadas pela área comercial.

Defina seu público-alvo e os estágios de compra – Deixe claro com quem a marca vai conversar e quais conteúdos podem oferecer para as etapas do funil de leads.

Defina as metas – Se você não saber aonde chegar, como saber para onde caminhar? Alinhe suas metas, com o planejamento estratégico da empresa. Por exemplo, aumentar a base de cliente em 18% até novembro de 2018. Mas, lembre-se, seja realista!

Defina os formatos de conteúdo – As opções são várias, artigos para blog, e-books, posts para redes sociais, ferramentas, vídeos, entre outros. Defina quais os formatos são os mais estratégicos para trabalhar o conteúdo e eles trazerem mais resultados.

Acompanhe a produção – Se o seu conteúdo precisa ser publicado em dezembro, ele não pode ser produzido uma semana antes. Com o calendário bem estruturado, a produção pode – e deve – ser  antecipada, para poder ser realizado os ajustes necessários e ser trabalhado com tempo hábil.

Avaliação dos resultados – Seu cronograma deve apontar também a observação das métricas e elaboração de relatórios, para que os passos sejam alinhados, para alcançar os objetivos da empresa. Avalie se a estratégia de conteúdo faz sentidos para equipe e clientes? O uso de palavras-chave está correto? A linguagem condiz com as personas e marca? Como estão as taxas de conversão? Como otimizar seus resultados?

Use as ferramentas corretas –Não vou te indicar uma ferramenta específica, afinal cada empresa tem uma necessidade específica, mas para você que quer ir além das planilhas, existem ferramentas no mercado que auxiliam na montagem e visualização do cronograma de conteúdos.

Ajuste e reajuste – O cronograma não é estático, por meio dos resultados levantados, faça os ajustes que forem necessários. O mercado muda, as ações podem sofrer alterações… Enfim, o cronograma é um norte para tornar seu planejamento de conteúdo mais assertivo. Mas ainda sim, fique sempre atento ao mercado, as tendências e a qualquer fato relevante, que necessite uma posição por parte da sua empresa ou que seja uma oportunidade.

 

Montar o cronograma dos seus conteúdos pode, a princípio, dar um pouco de trabalho, mas a praticidade e os resultados que ele vai trazer vai compensar todo o seu esforço!

 

Marcela Fabiana

Gestora de Conta

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta