Native advertising: conheça mais sobre o conteúdo impulsionado

Com o crescimento das mídias sociais e novas estratégias para chamar atenção, nasceu o Native Advertising, traduzido como publicidade nativa, anúncios nativos ou anúncios sociais.

O termo traz um novo significado de publicar artigos, postagens, histórias e derivados, pagas e identificadas como publicidade, no meio do conteúdo de um site ou rede social. É publicado como se fosse mais uma postagem, só que identificada por uma palavra ou símbolo como conteúdo impulsionado ou promovido.

A grande maioria das mídias sociais já participam dessa estratégia. Cada um com seus formatos e políticas internas, mas todos com o mesmo intuito de mostrar o seu conteúdo à outras pessoas que não te seguem, apesar de serem seu público-alvo.

É fácil ignorar aqueles anúncios feitos na barra lateral do Facebook. Mas, ao se deparar com uma postagem impulsionada entre as publicações dos seus amigos, qual a chance de você deixar passar?

Com uma imagem bonita, bem-feita, que chame atenção, a maioria das pessoas irão, pelo menos, ler.

 

Como fazer uma boa publicidade nativa

 

  1. O primeiro passo é selecionar qual conteúdo irá ser impulsionado. Se pergunte: por que ele irá chamar atenção do seu público? Qual a relevância para aquelas pessoas?
  2. Depois, selecione bem o seu público-alvo. Idade, país, estado, cidade (se o seu negócio é local, por exemplo, é de extrema importância definir a cidade), sexo, interesses… Enfim, trace exatamente com quem você quer falar, para que as chances de cliques e engajamento sejam altas.
  3. Monte o layout de forma a chamar atenção. Isso não significa, necessariamente, colocar um colocar um monte de cores, gifs ou enfeites. Entenda o que atrai a sua persona. É um design minimalista? São as cores? Vídeo?
  4. Por falar emvídeo, em algumas mídias como o Facebook, ele tem maior alcance, independentemente do patrocínio. É de interesse pessoal da plataforma trazer esse conteúdo, para concorrer com o YouTube.
  5. Na hora de escrever o texto, tenha certeza de que está com a grafia correta e que está fácil de ler. ‘Ninguem goxta de ler um negoço asim.’ Traz uma imagem de desleixo e falta de profissionalismo para a sua empresa.

 

Native Advertising x Marketing de conteúdo

Diferente do Native Advertising, o Marketing de Conteúdo atrai o cliente de forma orgânica e natural. De certa forma, um complementa o outro, uma vez que as plataformas estão cada vez menos entregando os conteúdos gerados de forma orgânica para quem curte ou segue as páginas das empresas.

É necessário manter ambos para um bom resultado. De nada adianta promover um anúncio incrível e, ao chegar na sua página, não ter nada além daquele conteúdo impulsionado.

Com uma boa comunicação e as estratégias certas, o seu negócio vai muito mais longe!

 

Giovanna Dieguez

Estagiária de mídias sociais.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta