Vamos esperar mais um pouco!!!

Com essa frase muitos empresários tem gerido seus negócios nos últimos meses. Postergando, adiando, segurando decisões, tudo pela desconfiança instalada pela crise.

E isso é legal? De forma alguma.

E nós vamos lhe mostrar o porque.

Entenda cada decisão e cada atitude como um passo, passos que damos na corrida rumo ao consumidor. Se você fica esperando, o que acontece? Seu concorrente chega primeiro e leva.

Mas é preciso pesquisar, antes de decidir. Sim, pesquisar, não postergar. Se você tem um comparativo entre duas empresas que prestam o mesmo serviço ou possuem o “mesmo” produto: decida, escolha, mova-se.

Vamos dar um exemplo prático:

Duas empresas, uma de São Paulo e outra de Vitória, uma do setor privado e outra do terceiro setor. Ambas com excelentes projetos na mão para serem executados. O que aconteceu? Elas esperaram, seguraram, adiaram tanto que, quando decidiram executar seus projetos era tarde demais, já não dava mais tempo. Uma perdeu espaço, perdeu visibilidade na mente do cliente, a outra (do terceiro setor) deixou de entregar o que se propõe como entidade.

Para de drama Raphael!!! Paro, paro com o drama, paro com as ações, você para de vender, paramos de faturar… Isso sim é uma crise, quando as coisas param.

O que eu espero é que você entenda que é necessário mover, caminhar e não parar, porque aquele que para, fica, e quem fica não recebe cliente, não fatura.

Raphael Valongo

Diretor Executivo

Casa Interativa